Abacate: como utilizar na alimentação das crianças?

Publicado em 17/10/2017

No abacate encontra-se boa quantidade de um nutriente importante para as crianças em idade escolar: o ômega 3, uma gordura benéfica fundamental para o sistema nervoso, já que compõe os neurônios e facilita a transmissão de informação entre eles. O nutriente também controla as taxas de colesterol e até melhora o humor, pois afasta sintomas de ansiedade e depressão.

A fruta também possui vitaminas C e E, minerais como potássio, fósforo, ferro e um componente funcional beta-sitosterol. O beta-sitosterol é anti-inflamatório e ajuda a proteger o coração. Já as vitaminas melhoram as defesas do organismo.

Para conquistar os pequenos

Por combinar bem tanto com pratos salgados como com pratos doces, é válido preparar diferentes receitas para que a criança experimente, escolhendo o que mais gostar para ganhar os benefícios do abacate. Sempre quando for introduzir um novo alimento no cardápio, explique à criança a sua importância. Por exemplo: caso a criança tenha constipação, diga que vai ajudar a ir ao banheiro.

Procure também acrescentar a fruta em preparações que a criança já goste, como vitaminas, sorvetes e cremes. O recomendado, na infância, é de 4 a 5 colheres (sopa) ao dia, dentro de uma alimentação equilibrada. Crianças e adultos que estão acima do peso devem ter mais atenção com a moderação.

O sabor suave e a textura cremosa permitem criações culinárias semelhantes às guloseimas apreciadas pela garotada, mas muito mais nutritivas. Sorvetes, musses e até brigadeiro podem ser feitos à base de abacate. Se for temperado com sal e limão, substitui a maionese em sanduíches.

Dicas culinárias

– Vai usar só metade do abacate? Passe limão sobre a polpa da outra parte, não tire o caroço e armazene na geladeira. Isso aumenta a durabilidade da fruta e impede seu escurecimento.

– No Brasil, o costume é consumir abacate com açúcar. Porém, em muitos outros países, a fruta é ingrediente de receitas salgadas. Experimente acrescentá-la em saladas ou patês.

– O avocado é uma espécie de abacate menor e com menos água. É o mais indicado para o preparo de guacamole, pois deixa a textura mais firme.

– O abacate pronto para o consumo é aquele cuja casca cede com uma leve pressão dos dedos. Se ainda estiver duro, basta deixar um ou mais dias fora da geladeira para amadurecer. Mas não se esqueça de sempre verificá-lo, para evitar a perda do alimento.